terça-feira, outubro 25, 2005

Made in Azores

Terceirense que se orgulhe não dispensa à sua mesa a explosão de sabores aliada a uma carne de qualidade suprema, que é o seu prato regional- A Alcatra. Sabia que um dos ingredientes fundamentais para a confecção deste prato é o louro? E mais ainda, os Açores possuem uma espécie endémica- Laurus Azórico, que cresce um pouco por todo o lado, desede que haja as condições essenciais.
Deste modo, esteja atento na próxima vez que saborear um pedaço de alcatra e tente descortinar o sabor do louro, pois com sorte pode estar a deliciar-se com o sabor de uma espécie endémica!
P.S. Não se esqueça que ao utilizar o louro na sua culinária deverá retirar todas as nervuras, pois podem ter efeitos negativos na sua saúde.

4 Comments:

Anonymous Mª Luísa said...

O Laurus Azorica não é indicado para culinária, existe para isso louro adequado. São fáceis de distinguir pois diferem em tamanho e aroma.

10:38 da tarde  
Blogger frosado said...

eu adoro alcatra e,às vezes atrevo-me a fazê-la. Só não tenho aquele magnífico alguidar de ir assar ao forno, mas faço com outro parecido e fica boa!

1:15 da tarde  
Blogger azoriana said...

Resolvi dar um pulinho até ao blog que desconhecia. E se é dos Açores é cá dos nossos. E logo fui "cair" na tentação da nossa boa Alcatra. Realmente é uma delícia sobretudo se for bem confeccionada... eu conheço uma pessoa na minha freguesia natal que a faz divinamente... é de se tirar o chapéu (quem o use). Vou continuar a leitura sempre que tiver ocasião.

Se são da Terceira aventurem-se ao I Encontro Bloguista e dêem as suas sugestões... as notícias navegam por suporte informático e em papel... as atenções estão ao rubro.

Cumprimentos

9:52 da tarde  
Anonymous Farrobeira said...

Tal como a Mª Luisa referiu o Laurus azorica não é indicado para a alimentação já que possui alcaloides tóxicos em maior concentração do que o Laurus nobilis (espécie que existe no continente). Existem até estudos que o consideram cancerígena.
Nos açores existem ainda híbridos Laurus azorica x nobilis, cujas folhas também não deverão ser consumidas.

11:29 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home